Em busca da Santidade

Qremos ser santos e levar a Santidade! Ou Santos ou NADA!

Muito importante

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

A Paz de Jesus e o Amor de Maria!

 

Bom pessoal durante essa semana deu pra compartilharmos muita coisa, mas ainda há muito mais a ser compartilhado e aprendido! O motivo pelo qual esse tema foi sugerido, foi a dúvida do que posso ou não fazer no Namoro Santo, eu estou em busca de vivenciar isso a cada dia e para finalizar (momentaneamente) sobre esse tema quero deixar algumas coisas que faço para tentar tornar meu namoro cada vez mais santo!

 

Primeiramente Deus! Sempre que me vejo em alguma situação clamo à Ele, me dá ótimos conselhos e me ajuda desviar do “mau” caminho. Quando me vejo tentada ao pecado, elevo minhas súplicas a Ele!

 

Segundo, a Bíblia deve estar sempre por perto e devemos amar a Palavra de Deus! Nela tem ótimos exemplos a serem seguidos quando o assunto é a busca pela santidade! Através da Palavra de Deus podemos vencer todas as dificuldades, e sempre que leio e tomo como base as histórias de vida que nela tem, recebo uma força maior, pois vejo que todos os servos do Senhor passaram por dificuldades e não serei eu que irei passar por esse mundo sem ter nenhum tipo de provação.

 

Agora quero dizer uma coisa muito importante pra vocês, para que um relacionamento dê certo Deus deve ser o centro de tudo, então vivam um namoro a três: Deus, você e o seu amor. Mas lembre-se Deus sempre em primeiro lugar!

 

Como disse ontem devemos nos comprometer com o Senhor! E um exemplo de pureza, castidade e respeito aos propósitos de Deus é Maria nossa Mãezinha, ela aceitou os desígnios de Deus na vida dela e Deus nunca a abandonou! Sigamos o exemplo dela e nos deixemos guiar pelo Senhor!

 

Gente aqui estão alguns sites que visitei para poder ter uma base e ser fiel ao postar sobre esse tema! Espero que visitem e aprendam um pouco mais, assim como eu tenho aprendido a cada momento!

 

Namoro a Três - http://blog.cancaonova.com/natal/?p=1675

Quais são os limites - http://blog.cancaonova.com/revolucaojesus/2008/10/17/durante-o-namoro-quais-sao-os-limites/

Castidade – a única alternativa - http://www.cancaonova.com/portal/canais/formacao/internas.php?id=&e=4175

Prof. Felipe Aquino - http://blog.cancaonova.com/felipeaquino/category/castidade/

Formação Canção Nova – Castidade - http://www.cancaonova.com/portal/canais/formacao/internas.php?id=&e=2633

Como viver a Castidade no mundo erotizado - http://www.cancaonova.com/portal/canais/formacao/internas.php?id=&e=10201

 

Bom, agradeço a Amanda por sugerir o tema, que me fez engrandecer mais ainda e dar um passo a mais em Busca da Santidade!

Espero que assim como foi bom para mim escrever sobre o tema, que vocês tenham aprendido junto comigo!

 

A Castidade (Irmã Kelly Patrícia)

 

“A castidade me torna irmã dos anjos

Estes espíritos puros, vitoriosos a valer

Espero um dia voar em suas falanges,

Mas no exílio com eles devo combater.

 

Sem repouso, sem trégua, devo lutar

Por meu Esposo, o Senhor das nações,

A castidade é minha espada singular

Que pode lhe conquistar os corações.

 

A castidade é minha arma invencível

Por ela meus inimigos abaterei.

Por ela eu me torno, oh felicidade,

Invencível, esposa de Jesus,                   

Meu Rei, Meu Rei, Meu Rei.”

 

Que Jesus nos ajude a alcançar a Santidade!

Que Deus possa ser o centro de nossos namoros!

 

 

 

Arquivado em: Santidade I Comentários (4)

As dificuldades

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

A Paz de Jesus e o Amor de Maria!

 

Oi gente, dando continuidade ao tema da nossa semana, vamos hoje compartilhar sobre as dificuldades de se manter um Namoro na Santidade!

 

Nada na nossa vida é fácil, se estiver tudo muito fácil desconfie e veja se está realmente no caminho certo, com o namoro não é diferente. Nós em nossa humanidade aprendemos não só com nossos acertos, mas principalmente com nossos erros, para aprendermos a nos levantar é preciso que tenhamos caído!

 

Existem alguns pontos importantes a serem analisados em todos os tipos de relacionamento, desde o colega do trabalho até nossos pais, a primeira coisa é não esperar a perfeição do outro, pois ninguém é perfeito, o namoro é um período de conhecimento e você vai poder conhecer o outro, ver suas qualidades e também seus defeitos, e ajudá-lo a pelo menos minimizá-los, e para isso é preciso que você também esteja aberto a sugestões.

 

“Isso eu já sei! Qual a novidade?”, bom no Namoro Santo temos uma dificuldade a mais, VENCER AS TENTAÇÕES! Pois é, quando você está namorando alguém é por que além de ser uma ótima companhia, também lhe atraiu. Você olhou e gostou do que viu, e aí está o perigo! Com o abraço, o beijo, o carinho, desperta em você o desejo, é natural isso acontece com todo mundo! Porém você precisa de um diferencial! O diferencial do Namoro Cristão é o respeito às etapas da vida, nele você não pula essas etapas.

 

Já ouvi muitos pais dizerem “Ah! Quando eu tinha a sua idade eu queria ter a idade que tenho hoje, mas hoje queria ter a sua idade de novo!”, as etapas não podem ser puladas ou prolongadas! Com o passar do tempo (etapas) vamos adquirindo mais responsabilidades, você já parou para analisar as responsabilidades e dificuldades que seus pais têm para manter uma família? Se não pensou nisso, pare agora e pense! Depois pense em você e nas suas dificuldades! Agora junte as duas! Juntando elas você poderá se ver com sua idade e todas as responsabilidades de manter uma família. Pular etapas é adquirir mais responsabilidades do que podemos!

 

Aí entra a CASTIDADE! Para quê ter atitudes de um casal que firmou compromisso perante o Senhor se eu nem sei se é com ele(a) que vou constituir minha família, e o pior se eu ainda não tenho maturidade para esse compromisso? Viva o propósito da castidade junto com seu(sua) namorado(a), ajudem um ao outro! Quando você coloca um propósito em sua vida, você tem que fazer de tudo para não perder o foco. Ah, então não vou mais beijar e abraçar o meu(minha) namorado(a)? Não vamos ser radicais também, vocês só têm que ter o discernimento e a maturidade de conhecer e impor os limites!

 

Quer fugir das tentações, fuja do que te leva a elas! Antes de trazer esse tema pra cá, compartilhei sobre ele com o Jeferson e ele me disse uma coisa que acho legal dizer a vocês. “Se eu posso namorar no claro, pra quê namorar no escuro?” Não estou escondendo nada de ninguém, ou estou? Namorar em local onde ‘ninguém’ vai ver vocês é pedir pro pecado entrar e fazer a festa no seu coração!

 

A palavra Respeito nos leva a Castidade! Se você respeitar as etapas, ao propósito de Deus, aos limites e principalmente respeitar a pessoa que está do seu lado, vocês viverão a Castidade e terão um Namoro Santo!

 

Essa palavra Deus quer colocar nos nossos corações nesse dia: RESPEITO! Vamos respeitar os que estão ao nosso lado e teremos namoros muito mais Santos!

 

Que o Senhor nos guie e nos livre de todo mal!

Fiquem na presença do Senhor!

Arquivado em: Santidade I Comentários (0)

Namoro Santo

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Paz e Bem!

 

Hoje dando continuidade ao nosso tema, hoje vou falar sobre a vivência do Namoro Cristão ou Namoro Santo! Assim como muitos ainda tenho muito que aprender, mas vou compartilhar o que tenho buscado viver!

 

Bom, um questionamento básico a ser feito é “O que é o Namoro Santo?”. Ontem falamos sobre o que é o namoro, colocamos a diferença entre ele e os relacionamentos descartáveis. O Namoro Santo não é nada menos que um relacionamento onde há a busca do conhecimento um do outro, o carinho de um pelo outro, o respeito pelo outro, a amizade e um ponto muito importante é que ambos querem um compromisso onde a Santidade esteja presente, ou seja um relacionamento que agrade a Deus.

 

Aí é que está o diferencial, pois quantas vezes eu falei aqui da importância de se ter alguém do lado para apoiar na hora em que o desanimo bate e a vontade de desistir de nosso objetivo aperta, imagina se você tem alguém do seu lado que quer te ajudar? Que tem o mesmo propósito que você? Que quer viver isso ao seu lado? Com certeza fica bem mais fácil. Mas se você já vive um relacionamento que não está tão de acordo com o que falamos e quer transformá-lo em um namoro santo, você pode fazê-lo, fácil não será por que vocês terão que abandonar hábitos que vocês já adquiriram durante um tempo e é preciso da força dos dois para que dê certo. Mesmo que não tenha a força dos dois ao mesmo tempo é preciso que um esteja focado, pois tentações existem aos montes sempre nos vigiando para nos pegar num momento de fraqueza.

 

Uma pergunta que surge quando se inicia um Namoro Santo é “O que posso ou não fazer?”, como você que está começando um Namoro Santo, já tem maturidade, já sabe dizer não, já sabe seus limites, é bem tranqüilo! No namoro a principal coisa que tenho que ter em mente é o respeito à(ao) minha(meu) amada(amado), tenho que procurar ver nele não um objeto que eu vou usar para o meu prazer, mas alguém com quem eu pretendo um dia constituir uma família, se for a vontade do Senhor! E se essa não for a vontade do Senhor, tenho que respeitar em dobro pois um dia ela(e) constituirá uma família com alguém!

 

Algo que vi durante as minhas “pesquisas” sobre esse tema foi a importância de ver em você mesmo e enxergar no outro Jesus. Será que eu faria o que eu faço com minha(meu) namorada(o) se ela(e) fosse Jesus? Será que tenho respeitado ela(e) como respeito o Senhor? Como me comportaria com Jesus se ninguém estivesse por perto, passaria a mão na “bunda” dEle? Acredito que o primeiro passo para se ter um Namoro Cristão é esse, reconhecer Jesus na(o) minha(meu) namorada(o)!

 

“Ah! Então quer dizer que eu vou namorar igual antigamente?” Por que não? Hoje em dia os relacionamentos são tão descartáveis que até o Sacramento do Matrimônio virou um contrato qualquer onde as pessoas já aceitam com o seguinte pensamento “Se não der certo me separo!”, como se o Matrimônio não fosse nada, como se o compromisso firmado perante o Senhor fosse uma brincadeira, que quando me cansar eu paro de brincar.

 

Durante esses dias em que estou postando aqui sobre esse tema, o Senhor tem colocado em meu coração a importância da maturidade na hora de se assumir um Namoro e muitos jovens têm deixado marcas profundas em sua vida por não ter essa maturidade e assumir compromissos aos quais não estão preparados. Pare e pense se realmente é o momento de assumir responsabilidades, pois namorar não é só beijar, abraçar, passear de mãos dadas, com o namoro também surgem as tentações, as dificuldades e é nelas é que vamos descobrir se é essa mesma a pessoa com quem queremos constituir nossa família.

 

Amanhã compartilharemos mais!

Um abraço e que Jesus nos ilumine e nos dê o discernimento para sabermos se estamos ou não prontos para assumir um Namoro Santo!

 

A Paz de Jesus e o Amor de Maria!

Arquivado em: Santidade I Comentários (0)

Report abuse Close
Am I a spambot? yes definately
http://qroasantidade.blog.terra.com.br
 
 
 
Thank you Close

Sua denúncia foi enviada.

Em breve estaremos processando seu chamado para tomar as providências necessárias. Esperamos que continue aproveitando o servio e siga participando do Terra Blog.